Posts Tagged 'Teologia Pastoral'

A subestimação e a superestimação do pastor

Escrevi isso na manhã do dia 10/11. Parece útil para o momento. Há dois erros comuns em nosso modo de enxergar o trabalho de um pastor efetivo ou titular (que os norte-americanos intitulam senior pastor), mas o que direi se aplica também, guardadas as devidas proporções, aos pastores auxiliares. O primeiro erro é subestimar o ministério; o segundo é superestimá-lo.

Pensemos na subestimação.

Deus mesmo estabelece o ministério para honra dele e para encaminhamento de seu decreto providencial. Deus tem coisas ...

Ler mais →
0

O que é liderança cristã?

A Bíblia não nos fornece um conceito de liderança. A literatura atual sobre liderança revela duas vertentes. Uma delas afirma que “uma definição explícita [de liderança] não é necessária”.[1] Outra reúne dezenas de autores, cada um sugerindo seu próprio significado. Um autor respeitado sugere, por exemplo, que liderança é o “processo pelo qual um indivíduo influencia um grupo de indivíduos a atingirem um objetivo comum”.[2]. ...

Ler mais →
0

A falácia da liderança visionária [atualizado]

O líder cristão é um visionário — um criador e articulador de visão. Ele é capacitado para formatar e comunicar uma visão com clareza. Ele sabe como motivar os crentes a assumir uma visão rumo a um alvo bíblico e desejável.

Esse é um paradigma difundido na literatura e em congressos cristãos. No contexto episcopal isso é acolhido quase que sem questionamento. O problema é abraçar e tentar implementar essa ideia no contexto de uma liderança bíblica conciliar.

Se a igreja ...

Ler mais →
0

O trabalho pastoral

Quem é o pastor, quais são as suas atribuições e como a resposta a estas perguntas auxilia no atendimento das necessidades reais de uma igreja local? Neste estudo eu tento responder a estas questões a partir das Escrituras, da teologia e da história.

Dados teológicos

Charles Spurgeon disse: “Os ministros são para as igrejas, e não as igrejas para os ministros”.[1] A partir desta afirmação, proponho que a formulação de uma teologia de ministério ...

Ler mais →
0

Liderança no presbiterianismo

Um leitor comentou meu post Sobre Incompetência Pastoral, encaminhando as seguintes perguntas:

  1. Qual é a base bíblica para diferenciar presbítero e pastor?
  2. E qual é a base bíblica para dizer que há um líder específico da equipe dos presbíteros?

Comecei a responder e o texto foi ficando longo. Daí decidir publicar este novo post.

Os líderes da igreja

Oficiais

Concílios

Presbíteros docentes

Presbíteros regentes

Junta diaconal (diáconos)

Ler mais →
2

Sobre incompetência pastoral

Primeiro existe a questão da vocação, do chamado específico. Nenhum pastor autêntico escolhe o pastorado. O ministro da Palavra não é um voluntário precipitado, mas alguém que recebe uma ordem superior, que lhe domina o coração, que dirige as circunstâncias externas e que o orienta de forma absoluta ao serviço cristão em tempo integral. Deus não aprova profetas autodesignados (Jr 23.21). Nesse sentido, um pastor é diferente de um engenheiro ou de um médico. Estes escolhem suas profissões — alguns ...

Ler mais →
2

Marcas, modelos e singularidade ministerial

Nesse sentido, as “marcas” da igreja se diferenciam dos “modelos” de ministério. Marcas têm a ver com princípios imutáveis enquanto modelos relacionam-se com estilos ou respostas fluidas a contextos específicos. As marcas estão ligadas à Igreja Universal ou Católica, enquanto os modelos vinculam-se às igrejas como denominações ou comunidades locais. Destarte, as marcas apontam para padrões bíblicos absolutos enquanto os modelos, para esquemas de gestão condicionados pelo ambiente. Assim sendo, marcas são únicas e universais, devem estar presentes em todas ...

Ler mais →
0
Página 1 de 2 12